Docentes

  1. Antonio Cesar Amaru Maximiano. Graduação (USP, 1974), mestrado (USP, 1976) e doutorado em Administração (USP, 1979). Professor de administração na Universidade de São Paulo. Professor convidado da Université François Rabelais (Tours, France, 2009). Interesses: administração de projetos, recursos humanos e administração geral.

  2. Emilio Carlos Baraldi. Possui graduação em Engenharia Mecânica pela UMC (1989), mestrado em Engenharia Automotiva pela Universidade de São Paulo (2006), MBA pela FIA (2009) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (2017). Atualmente é pós-doutorando pela Universidade de São Paulo no CEA. Possui mais de 30 anos de experiência na indústria na área de fabricação, onde seu foco principal é implementação e desenvolvimento de processos de fabricação e solução de problemas na indústria automotiva. Seus temas de interesse são: processo de desenvolvimento do produto, desenvolvimento do processo produtivo, lean manufacturing,recall e qualidade.

  3. Fabio Hildebrand Russo. Engenheiro mecânico (1996) pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e mestre (1999) em Engenharia Mecânica também pela Unicamp. Atualmente, é engenheiro mecânico da Volkswagen do Brasil. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Projetos de Máquinas.

  4. Guido Muzio. Engenheiro Mecânico pela Escola de Engenharia Mauá (1997), Pós-graduado em Engenharia Mecânica Automobilística pela FEI (1998), Mestre em Engenharia Mecânica Automotiva pela Escola Politécnica da USP (2005). Possui experiência profissional desde 1997 em indústrias automotivas (BMW, Ford, GM e PSA) com ênfase em engenharia de desenvolvimento de novos produtos automotivos, reduções de custos dos produtos, engenharia avançada, gestão de patentes na engenharia de produtos, gestão e auditoria de qualidade de processo e de fornecedores. Atuou como gerente técnico em projeto, qualificação e validação de materiais e veículos civis blindados da BMW no Brasil com certificação balística pelo Instituto Beschussamt Ulm, órgão oficial do governo alemão. Trabalhou como engenheiro de testes e homologação de veículo elétrico. Publicou artigos em periódicos internacionais IJATM, GERPISA e SAE. Atua desde 2016 como professor orientador de monografia no curso de MBA em Gestão e Engenharia de Produtos e Serviços no PECE da Poli-USP. Temas de interesse: processo de desenvolvimento do produto automotivo, qualidade do produto e processo automotivo, segurança e blindagem veicular.  https://www.professorguidomuzio.com

  5. Guilherme Canuto da Silva. É graduado em engenharia mecânica (2003). Possui mestrado (2008), doutorado (2013) e pós-doutorado (2015) em engenharia mecânica pela Escola Politécnica da USP (EPUSP). Desenvolveu parte de suas pesquisas de doutorado na Technische Universität Darmstadt na Alemanha, como bolsista do Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD). Tem dez anos de experiência profissional em projeto de dispositivos e de sistemas de manufatura automotiva, tendo atuado como engenheiro em diferentes unidades da Volkswagen do Brasil e também na Volkswagen Argentina. Atuou ainda como gestor de unidade no departamento de armação de carrocerias da mesma empresa, onde foi responsável pelas operações de manufatura dos principais modelos produzidos pela VW no Brasil. Desde 2015 é Professor Adjunto na Universidade Federal do ABC (UFABC), junto ao Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Seus temas de interesse são: projeto do produto, projeto da manufatura, sistemas CAD/CAE e Industria 4.0. (http://www.guilhermecanuto.com.br/)

  6. Hugo Paulo Ehrentreich. Graduado (1974) em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP e Mestre (2009) em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário Álvares Penteado – FECAP. Atuou durante 34 anos em empresa multinacional do setor automotivo, ocupando inclusive o cargo de Diretor Financeiro do Grupo Schaeffler no Brasil. Atualmente é Professor do Centro de Educação Continuada da FECAP e consultor de empresas.

  7. Ilíada Silva Alves de Castro. Licenciatura em Educação Artística (1981) e Doutora em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Tem uma vasta experiência na docência dentro do tema comunicação e negociação. É professora do Curso de Especialização em Gestão e Engenharia de Produtos e Serviços oferecido pelo PECE/EPUSP há mais de dez anos, sendo sempre muito bem avaliada pelos alunos. Também tem participado de várias iniciativas de projetos da USP como o Projeto Atualtec.

  8. João Francisco Justo Filho. É bacharel (1988) e mestre (1991) em Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo, Ph. D. em Nuclear Engineering (1997) pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) e Livre-Docente em Nanodispositivos e Nanotecnologia (2007) pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. É docente do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo desde 2001, ocupando os cargos de Professor Doutor (de 2001 a 2006), Professor Associado (de 2007 a 2017) e Professor Titular (desde 2017). Foi Associate Researcher no Massachusetts Institute of Technology (de 1997 a 1998) e Associate Visiting Professor na University of Minnesota (de 2007 a 2008). É vice-diretor do Centro Interunidades de História da Ciência da Universidade de São Paulo (CHC-USP) (desde 2016) e vice-coordenador de grupo de pesquisa Khronos junto ao Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP). É representante da área de Ciência Exatas na Câmara de Avaliação Institucional (CAI) da Universidade de São Paulo (eleito para mandato de 2018 a 2021). Foi eleito em 1996 como membro titular da sociedade honorífica Alpha Nu Sigma da American Nuclear Society e em 1998 como membro titular da sociedade honorífica Sigma Xi – The Scientific Research Society. Atualmente, é editor associado da revista científica Polytechnica (Springer International). Tem experiência na área de ciências dos materiais, com foco na modelagem computacional de materiais semicondutores e nanoestruturados a partir de simulações atomísticas, usando métodos clássicos, semi-clássicos e quânticos. Mais recentemente, vem atuando também na área de sistemas eletrônicos embarcados, nanodispositivos e nanosensores.

  9. José Nicolau Pompeo. Doutor (2003) em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade de São Paulo (PUC-SP). É professor da PUC-SP e coordenador do Mestrado em Economia da Mundialização e Desenvolvimento, convênio da PUC-SP e Universidade Paris 1 Panthéon – Sorbonne. Publicou três livros, entre os quais “Matemática Financeira”, utilizado por várias instituições de ensino do Brasil.

  10. Leandro Vieira da Silva Macedo. Engenheiro Mecânico (1985) pela Universidade Federal do Rio Grande e Mestre em Engenharia Mecânica (1991) pela EPUSP. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia automotiva, desenvolvimento de veículos por simulações virtuais – CAE, cálculo estrutural, desenvolvimento de carroceria e chassi de veículos de passeio, método dos elementos finitos, dinâmica veicular, plasticidade e segurança veicular. Atualmente é gestor de unidade – Volkswagen do Brasil Ltda. e Professor do Departamento de Engenharia Mecânica da EPUSP.

  11. Marcelo Augusto Leal Alves. Engenheiro Mecânico (1993) e Doutor Engenharia Mecânica (2002) pela EPUSP. Tem grande experiência no projeto de máquinas e equipamentos com especial ênfase em sistemas automotivos. Tem sido constantemente requisitado pela mídia impressa e falada para esclarecer à sociedade questões importantes do setor automotivo.Executor do programa PACE (Partners for the Advancement of Collaborative Engineering Education) na EPUSP. Atualmente é professor do Departamento de Engenharia Mecânica da EPUSP e consultor.

  12. Marcelo Massarani. Engenheiro Mecânico (1987) e Doutor em Engenharia Mecânica (1998) pela EPUSP. Tem grande experiência no projeto e simulação de sistemas mecânicos, com especial ênfase nas aplicações automotivas. Também tem atuado de forma intensiva no ensino e consultoria da engenharia e análise do valor. Atualmente, é professor da EPUSP e consultor de empresas.

  13. Mauricio Assumpção Trielli. Engenheiro Mecânico (1980) e Doutor em Engenharia Mecânica (1997). Desde o início de sua carreira profissional vem trabalhando na pesquisa e desenvolvimento de combustíveis para motores de combustão interna, com ênfase em desempenho e emissões, tendo participado ativamente como executor técnico e como coordenador de projetos e programas tais como o PROALCOOL e o de Produção e Uso de Biodiesel. Atualmente é professor do Departamento de Engenharia Mecânica da EPUSP, professor titular da Universidade Braz Cubas e professor adjunto do Centro Universitário da Fundação de Educação Inaciana.

  14. Paulo Carlos Kaminski. Engenheiro Naval (1986) e Doutor (1992) em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da USP e Administrador de Empresas (1990) pela FEA-USP. Tem experiência em pesquisa e ensino na grande área da mecânica, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia de produto, metodologia do projeto, educação continuada e internacionalização da engenharia. De 2008 a 2014 exerceu a função de Representante Científico da Confiança (Vertraeunswissenschaftler) da Fundação Alexander von Humboldt no Brasil, e de 2009 a 2014 foi pesquisador visitante convidado do Instituto de Pesquisas da Indústria de Autopeças do Japão (Universidade de Waseda). Na Poli-USP, é professor titular do Departamento de Engenharia Mecânica; vice-presidente da Comissão de Cultura e Extensão; coordenador acadêmico do Programa de Educação Continuada (PECE); coordenador do Centro de Engenharia Automotiva (CEA) e do Centro de Automação e Tecnologia do Projeto (CAETEC); coordenador do curso de Especialização em Engenharia Automotiva e do curso de Especialização em Gestão e Engenharia de Produtos e Serviços (MBA/USP). É colaborador internacional do CIRST (Centre interuniversitaire de recherche sur la science et la technologie) de Quebec, Canadá.  (http://sites.poli.usp.br/p/paulo.kaminski)

  15. Ricardo Rodrigues Buonanni. Jornalista (1979) pela Universidade de São Paulo e Administrador de Empresas (1990) pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Realizou curso de especialização em Recursos Humanos (FGV, 1991). Tem atuado profissionalmente nestes últimos anos como consultor em treinamento e desenvolvimento organizacional e pessoal.

  16. Ronaldo de Breyne Salvagni. Engenheiro Naval (1975) e Doutor (1981) em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da USP. Tem experiência nas áreas de Engenharia Mecânica e Naval, com ênfase em projeto integrado, análise estrutural, elementos finitos, reciclagem e dinâmica de veículos. Foi o mentor e coordenador do Mestrado Profissional em Engenharia Automotiva da Poli-USP, lançado no ano de 2000 como o primeiro curso de pós-graduação stricto sensu em engenharia automotiva do Brasil. Em 2003, fundou o Centro de Engenharia Automotiva (CEA) da Poli-USP e foi seu coordenador de 2003 a 2016 – atualmente, é conselheiro do CEA. É membro do Conselho Diretor da AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva e Professor Titular do Departamento de Engenharia Mecânica da Poli-USP.